Morro da Providência - Primeira Favela

Tido como a primeira favela carioca, o Morro da Providência, localizado na região portuária do Rio de Janeiro, começou a ser ocupado em 1897 por soldados combatentes da Guerra de Canudos, que desembarcaram na antiga capital do País para reivindicar a recompensa pela vitória que lhes foi prometida: uma moradia.

Sem dinheiro para construir as casas, o Governo teria permitido a construção de vários barracos de madeira no morro da Providência, que ficava atrás de um quartel. Seus primeiros moradores o chamaram Morro da Favela, em uma referência ao arbusto rasteiro de nome “faveleiro”, muito comum em Canudos. A partir de meados dos anos 20 é que o termo favela passou a ser utilizado para se referir a outras comunidades carentes.

O Rio de Janeiro atualmente é a cidade com maior população em favelas no Brasil. Precisamos conhecer e olhar para esses espaços de outra forma, rompendo com os esteriótipos negativos, que as relegam ao lugar da ilegalidade e da criminalidade, ignorando por completo que são também potência.

O que se busca é reforçar a sua pluralidade, destacando a importância desse território na construção da identidade de seus moradores, cada qual com a sua história, contribuindo, assim, para a construção de novas narrativas que alterem a lógica perversa da exclusão social e da invisibilidade.

  • Facebook
  • Instagram

 © Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução de qualquer imagem sem a expressa autorização da fotógrafa - Lei nº 9.610/98